Missão
Fazer da comunicação uma ferramenta efetiva de valorização da imagem do cliente e que potencializa os resultados de seus investimentos.
Política da Qualidade
Fortalecer a imagem da empresa perante o mercado, encantando os clientes e aprimorando o controle dos processos para alavancar o crescimento do negócio de maneira consistente e sustentável. Equipar os colaboradores com recursos que permitam aplicar 
seu máximo potencial para realizar suas atividades, garantindo eficiência na gestão da qualidade.
Visão
Ser reconhecida como empresa referência no 
desenvolvimento e gestão de marcas
no Brasil.
Valores
Ética
Entusiasmo
Entrosamento
Criatividade
Superando
Desafios
  • Facebook
  • Instagram
DPI COMUNICAÇÃO  . Todos os direitos reservados

Receba conteúdo exclusivo por e-mail

Por que tem gente fazendo pior e ganhando mais que você?

Atualizado: Mar 10


O seu maior faturamento foi o maior faturamento que sua empresa poderia ter? Você sabe o que o seu cliente pensa de você? Ou você sabe apenas o que ele quer que você saiba que ele pensa de você? O que você está fazendo é o melhor? Ou o melhor seria avaliar se não tem algo ainda melhor a ser feito? Você está fazendo o que ama? Ou você acha que ama o que está fazendo pelo simples fato de ainda não conhecer algo que ama mais?


Você tem uma resposta certa para estas perguntas? Ou seriam perguntas como estas que te levariam a uma resposta mais certa? Pensar nessas coisas te faz sentir mais seguro e tranquilo? Há um pensamento que diz: ‘’diante de pessoas grandes, faça perguntas profundas’’. Agora que você já sabe a razão para eu te fazer tantas perguntas reflexivas, vamos para mais uma: por que tem gente fazendo pior e ganhando mais que você?


Se você respondeu ‘’percepção’’ eu vou ficar muito feliz, mas não satisfeito. Mas vou dar algumas pistas. Isso acontece entre irmãos quando o mais esforçado sente que o outro recebe mais amor e atenção por parte dos pais. Acontece no trabalho, quando alguém é promovido enquanto o outro que se esforça muito se sente esquecido. E na dieta? Quem não conhece aquela pessoa que é ‘’magro de ruim’’. Rs. Come como uma máquina e não engorda enquanto outros, só de olhar o cardápio...


A armadilha: a maioria de nós aprendeu que nossas ações geram consequências. É assim que alguns de nós são iniciados na doutrina de assumir responsabilidade, não apenas por nós mesmos, mas pelo bem-estar das outras pessoas também. Nada de errado mas, para toda face existe uma face oposta. Acho que aqui você já entendeu onde eu quero chegar. Mas vou cumprir o protocolo. Na busca de agradar aos outros, em alguns aspectos das nossas vidas, vamos nos anulando. Talvez uma crença sobre sacrificar-se para merecer a salvação ou algo parecido.


Quando nos anulamos, estamos comunicando que não acreditamos no nosso próprio valor. Estamos pedindo, implorando, para sermos deixados de lado. Claro que ninguém vai fazer isso conscientemente, mas o fato é: se alguém faz pior do que você e está ganhando mais do que você, é hora de avaliar em qual aspecto você pode estar se anulando.


Pensa comigo: você consegue desejar ardentemente algo que já tem em abundância e que não te exige nenhum tipo de compromisso ou contrapartida? Ou seu desejo está mais orientado para conquistar o que você não tem ou para o que te cobra um preço por isso? Pense no que você está se dedicando a conquistar neste instante na sua vida ou na sua empresa. Você está se dedicando para manter ou obter mais daquilo que precisa pagar um preço ou assumir um compromisso, ou a algo que já tem em abundância sem qualquer risco de perder? E quando falamos sobre algo que, em algum momento lhe foi negado, negligenciado, tomado, desafiado ou desacreditado? Essas coisas prendem ou liberam mais sua atenção do que pensar se você vai estar respirando daqui a 5 minutos? Você pensa todos os dias em quantos centímetros seu cabelo vai crescer de um dia para o outro? E de quantos clientes você precisa para bater ou dobrar a meta do mês? E sobre aquele cliente de anos que você perdeu? Qual prende mais sua atenção?


Grava essa: Vender exige um ego forte e uma alma sensível. Olhar o mundo pelos olhos do outro sem abandonar a si mesmo. Ainda estou para ser apresentado a alguém que viva uma vida separado do ego ou de uma identidade. Por isso meu trabalho é tão focado nas identidades. Porque não conheço ninguém que viva sem uma. O que eu quero aqui é te ajudar cada vez mais a desenvolver e escolher a melhor identidade que vai te levar aos melhores resultados.


Hora da ação: Que parte sua anda acobertando seus piores resultados? Que identidade é essa que escolhe se anular para deixar escapar as grandes oportunidades e as grandes realizações? Você não está sozinho neste jogo. Estamos todos no mesmo jogo de avançar e recuar. Por isso estamos aqui em comunidade. Para ajudarmos uns aos outros a superar nossos próprios fantasmas e nos tornarmos os seres espetaculares que estamos vocacionados para sermos.


Que tal dedicar esta semana para um plano de ação focado em melhorar sua habilidade de autopercepção? É simples e, se você se dedicar com honestidade e tolerância consigo, o jogo vai começar a virar a seu favor para o seu posicionamento de marca decolar. Siga estes 6 passos:


  1. O que deveria estar acontecendo, mas não está?

  2. Em relação à resposta 1, se você estivesse 100% vulnerável a todos os julgamentos, por quais anulações sobre si, outras pessoas criticariam você? Ao que você renunciou quando deveria ter se comprometido? Liste 30. Separe os 3 que mais prendem sua atenção.

  3. Em relação à resposta 1, se você estivesse 100% vulnerável a todos os julgamentos, sobre quais erros ou injustiças possíveis de serem cometidos você mais temeria que outras pessoas criticassem você? Liste 30. Separe as 3 que mais prendem sua atenção.

  4. Em relação às respostas 2 e 3, se você estivesse sob as críticas listadas, quais seriam as melhores palavras de encorajamento que você precisaria ouvir para sentir mais confiança sobre lidar com os julgamentos? Palavras. Não frases. Não histórias. Liste 30. Separe as 3 que lhe trazem mais senso de autoconfiança.

  5. Em relação à resposta 1, defina uma ação que você esteja procrastinando iniciar e que acredita que vai te fazer chegar ainda mais perto da realidade desejada.

  6. Escreva um pitch com a seguinte estrutura: Eu, (seu nome) lembro do tempo em que renunciava (respostas 2) porque temia ser (respostas 3). Agora que me sinto muito mais (respostas 4) posso imediatamente (resposta 5) com facilidade porque mereço, me aceito e permito que o melhor de mim opere pelo meu crescimento.


Utilize esta afirmação ao longo de toda a semana repetindo o máximo de vezes que conseguir até sentir como 100% verdadeira a ponto de te mover para ação. Na Live de sexta-feira (06/03/2020), ensinei como aplicar este exercício no posicionamento da sua marca para construir sua autoridade com mais agilidade e consistência.


Todos já temos o retorno de valor que acreditamos merecer. O que precisamos é aprender a acreditar diferente para mudar nossos resultados. Somos sempre responsáveis pelas nossas ações e não-ações e, quanto mais conscientes e preparados, maior nossa potência de transformação.


Na Live de sexta-feira, dia 06/03/2020, no meu Instagram - eu ajudo você a aprimorar ainda mais e, respondi algumas perguntas ao vivo sobre como aumentar seu valor percebido e conquistar mais autoridade no seu segmento.


Você também pode acompanhar o conteúdo da Live através do meu canal do Spotify, e ouvir o episódio desta Live clicando aqui!


Cada dia mais nossa comunidade está crescendo e agora já dá para ver o movimento dos próprios membros influenciando outras pessoas a entrarem também. Muitas carinhas novas chegando tanto pelo Instagram quanto pelo blog www.arthurgalvao.com.br. Assim, apoiando uns aos outros, estamos criando efetivamente a maior comunidade de valorização empreendedora do Brasil.


Sonhe grande. Pratique o bem. Vamos em frente.



2 visualizações
  • Facebook
  • Instagram