Receba conteúdo exclusivo por e-mail

É preciso alto grau de poder para avaliar a si mesmo com compaixão

Atualizado: 9 de Nov de 2019



Um exercício prático de como a energia da vontade pode ser canalizada em ações alinhadas para decolar resultados.

A vida, em sua inteligência e abundância, sempre vai tender ao equilíbrio e a equação é simples: você nunca vai conseguir levar mais do que a sua parte e também nunca vai precisar fazer mais do que a sua parte.

Por este ponto de vista, ter mais clareza sobre o que é a sua parte pode ser aquele 1mm que está impedindo seus resultados de decolarem e tudo fica ainda mais fácil quando compreendemos que a medida da nossa parte fica guardada dentro da nossa autoimagem.

A forma como vemos a nós mesmos reflete a imagem da parte que percebemos ter direito, o quanto acreditamos que estamos prontos para reivindicar, o tempo que levaremos para acessar e a vida que vamos levar entre um ponto e outro.

Não há como trapacear porque esta imagem está impressa em nós e escancarada para o mundo todo ver por meio dos nossos resultados. Mas, também pelos resultados podemos mudar a forma como nos vemos. Para ser prático, não vou tomar seu tempo com conceitos que você já domina, na linha do ‘’quando você muda, tudo muda’’.

Partindo do pressuposto que você já está neste caminho, provavelmente o que você precisa agora é de algumas instruções práticas para estruturar seus esforços porque a energia da vontade precisa ser canalizada em ações alinhadas.

Que tal seguirmos para um exercício prático para medir o quanto isso está claro e como já começar a mudar seus resultados para melhor? É um exercício em 3 estágios muito simples e muito poderosos, se você assumir o compromisso de praticar honestamente.

  1. Dê uma boa olhada nos resultados que você gostaria que fossem diferentes na sua vida empresarial e escolha um que seja mais relevante para você, descrevendo detalhadamente como você gostaria que fosse sua realidade. Faça como se você estivesse descrevendo uma fotografia para outra pessoa. Observe o que os detalhes estão dizendo para você sobre estar ou não fazendo a sua parte e sobre estar ou não levando a sua parte. Pergunte a si mesmo: no cenário em que não alcancei o que gostaria, de que forma ‘’eu’’ posso ainda não estar fazendo a minha parte? Invista um tempo nisso, sem pressa, e faça uma lista com as respostas.

  2. Separe a resposta mais relevante utilizando o critério de questionar: qual destes aspectos, seu ‘’eu’’ ajustar ou resolver primeiro, automaticamente impactaria todas as outras respostas positivamente?

  3. Coloque em prática, pelos próximos 7 dias, um plano de ação guiado pelas 7 perguntas a seguir: qual evidência fundamental você precisa alcançar para checar se a questão foi resolvida? O que é importante o bastante para você, que justifica acordar todos os dias e ainda sentir-se motivado a continuar agindo nesta direção, mesmo diante de um obstáculo? Qual indicador você pode criar para checar diariamente se está no caminho certo? Com quem, além de si mesmo, você pode se comprometer por escrito sobre cumprir este plano de ação? De que forma recompensadora você vai comemorar ao final dos 7 dias, o cumprimento do plano de ação? Quem é a pessoa que você conhece, que já passou por algo semelhante e superou, e que você vai fazer contato para elogiar/parabenizar e pedir uma dica sobre como melhorar? Qual é o adjetivo que você vai usar para elogiar a si mesmo ao final do cumprimento do plano de ação?

Mãos à obra. Reveja o plano todos os dias. Caso sinta alguma dificuldade ou insegurança, compartilhe aqui com a gente ou por mensagem direta. Eu me comprometo a responder com orientações as 3 primeiras pessoas que enviarem suas dúvidas.

Ajudar pessoas a não apenas serem as melhores no que fazem, mas a serem mais valorizadas e reconhecidas por estarem fazendo. Este é o impacto que eu escolhi promover no mundo e, se você vier comigo, daremos mais um passo para criar a maior comunidade de valorização empreendedora do Brasil.

Sonhe grande, pratique o bem. Vamos em frente. #ProjetoVamosEmFrente #MarketingDePercepção #ArthurGalvão #MaisPorMaisMaisRápido

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Criatividade
Superando
Desafios
  • Facebook
  • Instagram
Missão
Fazer da comunicação uma ferramenta efetiva de valorização da imagem do cliente e que potencializa os resultados de seus investimentos.
Política da Qualidade
Fortalecer a imagem da empresa perante o mercado, encantando os clientes e aprimorando o controle dos processos para alavancar o crescimento do negócio de maneira consistente e sustentável. Equipar os colaboradores com recursos que permitam aplicar 
seu máximo potencial para realizar suas atividades, garantindo eficiência na gestão da qualidade.
Visão
Ser reconhecida como empresa referência no 
desenvolvimento e gestão de marcas
no Brasil.
Valores
Ética
Entusiasmo
Entrosamento
DPI COMUNICAÇÃO  . Todos os direitos reservados
DPI - logo amarela para o site.png
  • Facebook
  • Instagram